Descubra 9 das atrizes mais odiadas em Hollywood
Descubra 9 das atrizes mais odiadas em Hollywood
Elas são difíceis, polêmicas e não pedem desculpa. Mas nós as amamos mesmo assim.
Postado em 27/08/2018

Viver em Hollywood não é tarefa fácil. O mundo das estrelas é cheio de altos e baixos, e ninguém está seguro em sua carreira. Às vezes basta uma declaração ambígua numa entrevista ou uma escolha duvidosa na produção de um filme e, pronto, tudo é posto a perder.


E se a vida diante dos holofotes não é simples, a situação é ainda pior para as atrizes. Delas é cobrado um padrão de comportamento (e beleza) praticamente insustentável e, no fim, invariavelmente a grande maioria delas cai ou no limbo ou na lista negra de Hollywood.


Abaixo você confere as atrizes que, por mais bem-sucedidas, ricas e famosas, acabaram ficando com o nome marcado na cidade da fama - seja por motivos ridículos (como terminar um relacionamento de sucesso) ou nem tanto (como defender comportamentos violentos de policiais).


9. Raven-Symoné


 (Foto: Veja/Divulgação/Reprodução)


A eterna protagonista de “As visões da Raven” ganhou fama e uma legião de fãs enquanto trabalhava na Disney. Vários produtores diziam à época que ela era uma grande promessa na indústria. Mas tudo mudou quando ela começou a falar demais - especialmente durante sua participação no talk show americano The View.


Dentre as declarações polêmicas que lhe custaram a carreira estão a defesa de um policial que usou de força física para tirar um celular das mãos de um adolescente e a afirmação de que ela não contraria um empregado que tivesse um “nome de favelado”.


Diante das gafes no programa, um abaixo-assinado chegou a ser feito exigindo a demissão da atriz, mas a ABC não acolheu o pedido do público e Raven continuou no The View.


8. Jane Fonda


(Foto: Valkirias/Reprodução)


Jane Fonda começou sua carreira em 1960 e, desde então, além de extremamente bem-sucedida foi também muito controversa. Exemplo disso foi sua fatídica sessão de fotos ao lado de soldados vietnameses, enquanto ainda rolava a traumática Guerra do Vietnã, na qual os americanos tiveram grandes e históricas perdas. As fotos foram interpretadas pelo público como um apoio aos “inimigos” e um “deboche” às vidas estadunidenses perdidas.


Conforme declarou ao The Telegraph, Jane se arrepende do episódio até os dias de hoje. “Eu sempre tento me encontrar com os veteranos [da Guerra do Vietnã] para conversar com eles, porque eu entendo [a polêmica] e fico muito triste. Eu vou levar esse erro para meu túmulo.”


7. Teri Hatcher


(Foto: Jason Merritt/Getty Images para Variety)


A adoradíssima Susan Mayer de Desperate Housewives foi, segundo declarações do elenco da série, uma das pessoas mais difíceis de se conviver dentro da produção. 

Ela conseguiu irritar tanto a equipe do programa que, no cartão de despedida da série (assinado por todos em agradecimento aos demais funcionários do estúdio), o elenco fez questão de deixá-la de fora. 


Ainda segundo Nicollette Sheridan (a espetaculosa Edie Britt do seriado), Teri seria “a mulher mais maldosa do mundo”.  


6. Kristen Stewart


(Foto: Getty Images)


Embora seja certo que Crepúsculo foi um sucesso enorme de bilheteria, a franquia foi bem menos que generosa com a carreira de Kristen Stewart. Após sua participação nos filmes da série, a atriz recebeu duras críticas e foi infinitamente ridicularizada pelo público na internet. 


A repercussão disso ainda acompanhou Stewart negativamente em suas demais produções, como “Branca de Neve e o Caçador” (filme no qual, além de tudo, Kristen se envolveu com o diretor, que era casado). 


Nem é preciso dizer que ela logo se tornou um nome na lista negra de Hollywood. 


5. Julia Roberts


(Foto: Wnetwork.com/Reprodução)


Julia é, com certeza, uma das atrizes mais bem-sucedidas e aclamadas de Hollywood. Mas, apesar disso, ela não é exatamente a pessoa mais adorada na indústria cinematográfica. Segundo relatos, Roberts é extremamente grosseira e não sabe lidar com críticas em seu trabalho. 


Além disso, diretores como Steven Spielberg disseram não ter vontade nenhuma de trabalhar com ela de novo, porque ela é uma pessoa “muito difícil” de se lidar.


4. Angelina Jolie


(Foto: Paul Hackett/Reuters)


Angelina é frequentemente criticada pelos seus colegas em Hollywood (e por parte do público também) por ser um “talento superestimado”. Segundo esses, ela tem um desempenho muito aquém do que se faria presumir sua reputação como atriz.


Não bastante, sua vida pessoal é cheia de controvérsias que desagradam os olhares mais conservadores da indústria. Dentre outros, ela é acusada de arruinar o casamento de Brad Pitt com Jennifer Aniston. Também não foi bem visto pelas pessoas o fato de ela ter dado um beijo na boca de seu irmão, no tapete vermelho do Oscar.


3. Anne Hathaway


(Walldevil.com/Reprodução)


Anne Hathaway é um fenômeno raro de atriz que, por nenhum motivo específico, desperta a ira tanto do público quanto dos produtores de Hollywood. Alguns dizem que o “jeitinho mimado” dela é particularmente irritante. Outros alegam que o problema é o estereótipo dela de “garota popular da escola” e “miss perfeição”. Fato é que ninguém sabe ao certo definir porque ela não é a atriz mais amada do meio. 


E embora isso pareça ser pura picuinha (e realmente é), os efeitos desse “ódio não intencional” contra Anne são bastante claros. Apesar de ela ser uma ganhadora do Óscar, seu nome é muito menos cogitado pelos diretores de Hollywood do que o esperado. O motivo? Grande parte do público se recusa a ver filmes que tenham ela como estrela.


2. Lindsay Lohan


(Foto: Evan Agostini/Getty Images)


Lindsay Lohan foi um sucesso enorme durante sua fase infantil-adolescente. Mas tudo mudou quando ela caiu num ciclo de episódios lamentáveis em sua vida pessoal. Depois de tantas passagens em reabilitações, prisões e caos, a atriz virou um grande “não” para a indústria cinematográfica.


Acusada de ser “difícil” e “irresponsável”, Lindsay foi riscada da lista das opções de vários diretores de Hollywood e atualmente consegue apenas papéis ruins em filmes piores ainda. 


1. Katherine Heigl


(Foto: Getty Images)


Katherine Heigl é um daqueles casos de atrizes que foram do céu ao inferno em 30 segundos. Bonita e talentosa, ela era uma grande promessa de Hollywood, em meados dos anos 2000. Diretores a disputavam a tapa e seu nome constava na lista das atrizes mais bem pagas do cinema.


Mas, em algum ponto entre falar mal do primeiro filme que a projetou em Hollywood (“Ligeiramente Grávidos”, de 2007) e se comportar terrivelmente mal na série Grey’s Anatomy, tudo foi por água abaixo. Em pouco tempo, ela ganhou a fama de ser uma pessoa difícil com quem se trabalhar, além de ser apontada como ingrata e prepotente.


Como resultado, o seu estrelato se apagou rapidamente, e hoje poucos produtores de Hollywood se animam em contratá-la.


E aí, o que você acha dessas atrizes? Injustiçadas ou merecidamente “odiadas”?