Americana bombardeia homem com mais de 159 mil mensagens de texto após um único encontro
Americana bombardeia homem com mais de 159 mil mensagens de texto após um único encontro
E você achando que mandava mensagens demais para o seu crush...
Postado em 5/01/2019

Uma mulher está sendo processada, nos Estados Unidos, por perseguir um homem que ela conheceu num site de relacionamentos. Entre as loucuras cometidas por ela, destaca-se o envio de mais de 159 mil mensagens de texto à vítima. Sendo esse número, de acordo com as autoridades, referente ao período de 10 meses após a única vez que os dois se viram - num encontro que,  por óbvio, não deu certo.


A infratora é Jacqueline Claire Ades, uma americana do Arizona, de 31 anos, que foi presa em maio do ano passado após invadir a casa do pobre homem, o qual, por motivos de privacidade, preferiu não ser identificado. 


De acordo com a polícia, nos últimos tempos, as mensagens de Jacqueline estavam ficando cada vez mais sombrias, chegando ao ponto de soarem terrivelmente ameaçadoras. 


“Eu vou fazer sushi com os seus rins, e usar os ossos da sua mão de hashi”, teria escrito ela. “Oh, e o que fazer com seu sangue! Eu adoraria me banhar nele”.


Segundo relatórios policiais, Jacqueline enviava, às vezes, mais de 500 mensagens à vítima em um único dia.

Jacqueline está sendo mantida, no momento, numa prisão no Condado de Maricopa, sem direito de fiança, onde ela deverá aguardar o julgamento marcado para fevereiro.


Em sua única declaração sobre o caso, a americana disse ter conhecido o moço no site Luxy, famoso por ser um site de relacionamento premium (leia-se “entre gente rica”). 


“Eu senti como se tivesse conhecido minha alma gêmea e tudo estava do jeito que tinha de estar. Eu pensei que faríamos o que todo mundo faz, mas não foi o que aconteceu”, disse ela.


É, Jackie, não é bem assim que as pessoas fazem...