Americano é preso após corpos de sua mulher e filhas serem encontrados em ‘tanques de gasolina’
Americano é preso após corpos de sua mulher e filhas serem encontrados em ‘tanques de gasolina’
Shannan Watts e as duas filhas estavam desaparecidas desde segunda-feira; o marido é o principal suspeito
Postado em 18/08/2018
(Foto: Shannan Watts/Instagram)

Foram encontrados dentro de um tanque de gasolina no Colorado, na noite de quinta-feira (16), os corpos da família Watts, que estava desaparecida desde segunda-feira (13). Segundo o jornal Denver Post, o pai, Chris Watts, segue preso como principal suspeito do assassinato da esposa, Shannan, e das duas filhas, Bella e Celeste. 


Relatos da mídia local afirmam que o acusado usou os tanques cheios de gasolina como um meio de disfarçar o odor dos corpos em decomposição. Chris Watts, que se diz inocente, foi preso dois dia após aparecer nos canais de TV locais pedindo ajuda da população para encontrar sua família desaparecida.


(As duas meninas e a mãe estavam desaparecidas desde segunda-feira. 

Foto: Denver Post/Reprodução)


A cidade de Frederick, no Colorado, está chocada com o caso, sem ter ideia do que pode ter levado aos assassinatos. Alguns palpites se resumem ao fato de o casal ter enfrentado alguns problemas financeiros nos últimos anos, além de haver também suspeitas de que Chris estaria tendo um caso extraconjugal.   



Antes de desaparecer, Shannan tinha acabado de voltar de uma viagem de trabalho ao Arizona, na madrugada de segunda-feira. Segundo alegações de Chris Watts, ele e a esposa ficaram acordados conversando sobre assuntos “delicados” até ele ter de partir para o trabalho, às 5 da manhã. Quando ele voltou para casa, ela e as duas filhas tinham desaparecido.


Na quinta-feira, os corpos da mulher, de 34 anos, que estava grávida de 15 semanas, e das duas meninas, Bella, de 4 anos, e Celeste, de 3, foram encontrados dentro de tanques de gasolina nas instalações da companhia petrolífera Anadarko Petroleum, onde Chris Watts trabalhava.


Após sua prisão preventiva, na quarta (15), ele foi demitido da empresa. 


(Chris Watts foi preso, na quarta-feira, acusado de matar as duas filhas e a mulher. 

Foto: Joshua Polson, The Greeley Tribune via AP)

 

As acusações formais por parte da polícia deverão ocorrer até segunda-feira (20). Além do assassinato das três vítimas, ele será indiciado também pela adulteração das evidências do crime.