China proíbe novo filme do Ursinho Pooh porque personagem parece o presidente
China proíbe novo filme do Ursinho Pooh porque personagem parece o presidente
Segundo fontes, desde 2013, o presidente chinês odeia a comparação com o Ursinho Pooh, mas internautas não perdoam
Postado em 7/08/2018
(Chris Kleponis-Pool/Getty Images; Laurie Sparham/Disney Enterprises, Inc.)

Foi proibida na China, esta semana, a exibição do novo filme do Ursinho Pooh, Christopher Robin - Um Reencontro Inesquecível. As autoridades do país não deram nenhuma justificativa oficial, mas especula-se que o motivo tenha sido as infelizes (e hilárias) comparações feitas, na internet, entre o presidente chinês Xi Jinping e o ursinho amante de mel.


(Ursinho Pooh e o presidente Xi Jinping - separados por um pote de mel. Imagem: YouTube/Reprodução)


Conforme noticiou o site Hollywood Reporter, a adaptação live-action/CGI da famosa franquia foi rejeitada pelo país asiático porque o presidente Xi não se sentia confortável com os comentários a respeito de sua semelhança física com o personagem rechonchudo. 


 (Comparação teve origem nesta foto de 2013. Imagem: Shanghaiist/Reprodução)


A infame comparação teve origem, em 2013, quando uma foto de Xi caminhando ao lado de Barack Obama virou meme por lembrar a dupla de amigos da série Ursinho Pooh. Desde então, os internautas chineses não pararam de tecer comentários e criar conteúdos virais comparando o presidente ao personagem infantil. 



Resultado disso foram várias restrições ao uso do nome e da marca da franquia no país, em especial na rede social chinesa Weibo. 


E não foi apenas o Ursinho Pooh que foi banido. Em junho deste ano, o governo também colocou menções a HBO e ao comediante John Oliver na lista negra das proibições na rede. A razão foi um comentário feito por Oliver em seu programa de talk show no canal, no qual ele afirmou que: “censurar as comparações com o Ursinho Pooh não faz [o presidente Xi] parecer muito forte. Mas sugere uma insegurança bem estranha.” 



Pela repercussão dada à sua crítica, aparentemente, o ator britânico acertou em cheio no pote de mel do presidente. Mas quem somos nós para julgar, não é mesmo?

Confira abaixo o trailer do longa Christopher Robin - Um Reencontro Inesquecível:



Não se esqueça de seguir e curtir a gente!