Demi Lovato fala sobre sua suposta overdose pela primeira vez
Demi Lovato fala sobre sua suposta overdose pela primeira vez
Em post no Instagram, cantora agradece o apoio dos fãs e diz que continuará lutando
Postado em 6/08/2018

Demi Lovato fez, neste domingo (5), sua primeira declaração pública após o suposto episódio de overdose ocorrido no mês passado. Em seu perfil do Instagram, a cantora, de 25 anos, escreveu que sempre foi muito honesta com os fãs a respeito de sua dependência química e que, agora, tem ciência de que a doença não é algo que “desaparece com o tempo”.


No post, Demi agradeceu o apoio de sua família e dos médicos do hospital Cedars-Sinai, onde foi internada em Los Angeles. “Sem eles eu não estaria aqui escrevendo essa carta para vocês”, afirmou. 


(“Eu vou continuar lutando”, declarou cantora. Foto: PapelPop/Reprodução)


A cantora também expressou gratidão pelos fãs que a acompanharam e torceram pela sua recuperação. “Aos meus fãs, sou eternamente grata por todo o amor e apoio que vocês me deram nessa última semana e muito mais.”


Ao final do texto, Demi disse precisar agora de “tempo para se curar e se concentrar em ficar sóbria e seguir no caminho da recuperação”. “Eu vou continuar lutando”, finalizou.



Antes da sua recente recaída, Lovato celebrava 6 anos de sobriedade em 2018. 


Em uma canção recém-lançada, ela compartilhou com o mundo, em tom confessional, a dolorosa experiência. “Eu sinto muito por estar aqui de novo, eu prometo que vou procurar ajuda. Não foi minha intenção, eu peço desculpas a mim mesma”. 



Confira a tradução completa:


“Eu sempre fui muito transparente quanto à minha jornada contra o vício. O que eu aprendi é que esta doença não é algo que desaparece ou evapora com o tempo. É um problema que eu tenho de continuar superando, e eu não consegui isso ainda.


“Eu quero agradecer a Deus por me manter viva e bem. Aos meus fãs, sou eternamente grata por todo o amor e apoio que vocês me deram nessa última semana e muito mais. Seus pensamentos positivos e orações me ajudaram a passar por esses tempos difíceis.


“Quero agradecer à minha família, minha equipe, e aos funcionários do Cedar-Sinai que estiveram ao meu lado todo esse tempo. Sem eles eu não estaria aqui escrevendo essa carta para vocês.


“Eu agora preciso de tempo para me curar e me concentrar em ficar sóbria e seguir no caminho da recuperação. O amor que todos vocês me mostraram jamais será esquecido, e estou ansiosa para chegar o dia em que poderei dizer que atravessei esse caminho com sucesso.


“Eu vou continuar lutando.”


Ficamos muito felizes de saber que ela está bem.


Não se esqueça de seguir e curtir a gente!