Escola inglesa põe menino ‘de castigo’ após corte de cabelo ‘inapropriado’
Escola inglesa põe menino ‘de castigo’ após corte de cabelo ‘inapropriado’
A mãe do adolescente se diz ‘enojada’ com a atitude da escola: “ele não fez nada de errado”.
Postado em 17/09/2018
(Foto: BPM)

Após mudar seu corte de cabelo, um adolescente inglês, de 13 anos, foi posto “de castigo” por uma semana em sua escola. O motivo, segundo a Hall Park Academy, de Nottingham, foi que o estilo adotado pelo garoto não condizia com “os padrões” exigidos pelo colégio. 


A mãe do menino, Serena Fowkes, de 34 anos, se disse “ultrajada” com a conduta da escola. “Desde que ele começou a estudar lá no sétimo ano, ele tem o mesmo corte de cabelo, e não há absolutamente nada de errado com isso.”


(Serena Fowkes e o filho se sentiram discriminados com a medida da escola. Foto: BPM)


“Na segunda-feira, ele foi colocado ‘de castigo’ por causa do seu cabelo, ele teve de ficar em uma sala apertada, olhando para uma parede, em vez de estar na sala de aula, e eu acho isso nojento - por que ele deveria perder aula quando não fez nada de errado?”, narrou a mãe.


(O corte problemático e o conservadorismo das escolas inglesas. Foto: BPM)


Ainda de acordo com Serena, o filho se sentiu discriminado e está muito transtornado com o acontecido. “Toda vez que ele é colocado ‘de castigo’ agora, eu tenho que ir lá buscá-lo. Eu tenho quatro filhos e acabo de ter um bebê recém-nascido - isso tudo é muito estressante para mim”, concluiu.


(No ano passado, episódio semelhante aconteceu com a família Flanders. Foto: ITV/Good Morning/ Reprodução)


Esta não é a primeira vez em que uma escola inglesa adota tal procedimento. No ano passado, um aluno de um colégio em Londres foi colocado de castigo porque apareceu na aula com dreads no cabelo. O caso rendeu um processo judicial contra a instituição, que foi acusada de discriminação racial.