Dupla de freiras americanas desvia dinheiro da Igreja para se divertir em Las Vegas
Dupla de freiras americanas desvia dinheiro da Igreja para se divertir em Las Vegas
Ao total, foram cerca de 500 mil dólares usados em viagens e apostas em cassinos
Postado em 11/12/2018
Foto: Getty Images/BBC/Reprodução

Quando você pensa que já viu de tudo, eis que surge mais uma notícia daquelas para te deixar com a boca no chão. A última dessas é a história de duas freiras que trabalhavam numa escola católica na Califórnia e confessaram, na segunda-feira (10), ter se apropriado indevidamente de pelo menos 500 mil dólares da instituição para poderem fazer apostas em Las Vegas.


As religiosas, irmã Mary Kreuper e irmã Lana Chang, desviavam dinheiro da conta de mensalidades e doações da Escola Católica de Saint James, localizada na cidade de Torrance, e iam se divertir na “cidade do pecado”, com jogos de azar e outras atividades pouco cristãs.


(Irmãs trambique: Mary Kreuper e Lana Chang são melhores amigas, na religião e nos cassinos. Foto: Tribune/Reprodução)As duas, que são amigas inseparáveis, trabalharam por mais de 20 anos no local antes de se aposentarem, tendo a irmã Mary sido até mesmo diretora da escola. 


Após o incidente vir a público, as infratoras católicas se declararam “profundamente arrependidas” e se dispuseram a cooperar sem restrições com as autoridades. Em resposta a isso, a Igreja, por sua vez, decidiu por não processá-las criminalmente. 


“As irmãs confirmaram a apropriação indébita dos fundos e estão agora cooperando com a investigação”, afirmou, em comunicado oficial, a ordem à qual as duas pertencem, a das Irmãs de São José de Carondelet. “Nossa comunidade está alarmada e triste com essa situação e lamenta qualquer prejuízo causado ao nosso longo relacionamento com as famílias da escola”, acrescentou.


A fraude foi descoberta no começo do mês durante uma auditoria de rotina na Arquidiocese de Los Angeles. Segundo as investigações preliminares, as freiras mantinham, por décadas, um caixa dois onde depositavam parte das mensalidades e doações da igreja em segredo.


Ainda não se sabe qual será a punição dada à dupla.