Garoto de 5 anos fica suspenso pelo pescoço em roda-gigante a 40 metros de altura
Garoto de 5 anos fica suspenso pelo pescoço em roda-gigante a 40 metros de altura
Menino estava sozinho no brinquedo porque a mãe não quis pagar um segundo ingresso para acompanhá-lo
Postado em 25/09/2018
(Foto: Asiawire/Reprodução)

Um garoto de 5 anos viveu momentos de terror, na última segunda-feira (24), após ficar suspenso, a cerca de 40 metros de altura, preso apenas pelo seu pescoço no carrinho de uma roda-gigante em Taizhou, na China. Xiao Liang, que felizmente saiu com vida do incidente, havia sido autorizado pela mãe e pelos funcionários do parque de diversão a andar no brinquedo sem qualquer supervisão de um adulto.


(Garoto, de 5 anos, preso pelo pescoço a cerca de 40 metros do chão. Foto: Asiawire/Reprodução)


Segundo relatos, o acidente se deu quando o menino escorregou ao tentar sair de seu carrinho para se sentar em uma das barras de segurança em frente à janela. Por sorte, durante o deslize, seu pescoço ficou preso entre as travas de metal, e uma tragédia maior foi evitada.


Conforme narrou o site The Sun, o pequeno estava sozinho na roda-gigante porque sua mãe, Liu, não quis pagar um segundo ingresso e ir junto com ele. Além disso, os funcionários do parque também, supostamente, teriam anuído com a presença do garoto, de 5 anos, sem acompanhante no brinquedo.


(Preso pelo pescoço, o menino passou por longos minutos de agonia até ser salvo. Foto: Asiawire/Reprodução)


Quando o aterrorizante episódio ocorreu, várias testemunhas fora da atração começaram a gritar, pedindo que a equipe do parque fizesse alguma coisa. De acordo com elas, Xiao Liang estava desesperado, mexendo as pernas freneticamente tentando se salvar, mas não havia ninguém perto o suficiente para ajudá-lo.


Os operadores da roda-gigante, então, tiveram de continuar o movimento do brinquedo até que o carrinho do menino atingisse o nível do solo. Assim que isso ocorreu, eles foram até a criança e a liberaram das travas de segurança.


(Momento em que o menino chega ao solo. Foto: Asiawire/Reprodução)


Após o resgate, tanto ele quanto sua mãe foram encaminhados para um hospital, onde se constatou que o garoto, felizmente, apresentava apenas algumas escoriações no pescoço, mas nada mais sério.


Investigações sobre o caso foram abertas pela polícia local, e a roda-gigante permanecerá interditada até que se chegue a uma conclusão sobre como o menino foi admitido sem supervisão no brinquedo.