Ilha paradisíaca grega contrata pessoas que gostem de gatos
Ilha paradisíaca grega contrata pessoas que gostem de gatos
Santuário na exuberante ilha de Siros está à procura de pessoas que possam tomar conta dos seus 55 gatos - e oferece até acomodação à beira mar.
Postado em 12/08/2018
(Ilha de Siros, na Grécia. Foto: CNBC/Reprodução)

Já se imaginou vivendo numa ilha paradisíaca na Grécia, acordando com a vista do sol banhando o Egeu? 


(A incrível vista do mar Egeu na ilha de Siros, na Grécia. Foto: Good Life Greece/Reprodução)


Bom, essa pode ser a sua chance. Basta que você goste muito de gatos. 


(Um dos seus novos melhores amigos no santuário grego de Siros. 

Foto: God’s Little People Cat Rescue/Facebook)


Estamos falando de uma oferta de emprego, anunciada no Facebook este mês, que promete ao candidato certo, além de trabalho fixo, acomodações num santuário localizado na ilha grega de Siros, com vistas ao Mar Egeu e… companhia de 55 gatos.



A proposta é, sem dúvida, curiosa. Mas, ao que parece, o público aprovou a ideia. Até o momento, mais de 20 mil compartilhamentos e mais outros milhares de respostas foram feitos na postagem. Isso sem mencionar a enorme quantidade de e-mails que a proprietária do santuário, Joan Bowell, tem recebido. 


 (O santuário, cuidado pela artista Joan Bowell, tem atualmente 55 gatos. Foto: God’s Little People Cat Rescue/Facebook)


O emprego, contudo, não é para qualquer um. Como se vê no post, Joan procura por pessoas que tenham mais de 45 anos e saibam como “lidar com gatos ferozes ou não-sociáveis”. Além de, claro, serem pessoas que efetivamente gostem de gatos. 


O salário oferecido é de 500 euros por mês - valor bastante modesto, considerando que a média salarial na Grécia é em torno de 1050 euros mensais. Mas, como dizem, nada é perfeito.


(As paisagens paradisíacas são uma justa compensação pelo baixo salário. 

Foto: God’s Little People Cat Rescue/Facebook)


Por outro lado, a vista proporcionada pelo local é, provavelmente, uma boa compensação pelo tímido pagamento. Além do que, segundo a oferta no Facebook, Bowell promete “benefícios adicionais” a quem for contratado, como moradia gratuita na propriedade. 


Deve-se considerar também o fato de o emprego não ser em período integral, possibilitando ao candidato que busque outros trabalhos para complementar a renda.


Se você ficou interessado, é melhor correr. As entrevistas para a contratação começam logo no final do mês.


E aí, você topa ou não essa empreitada?