Mulher “volta à vida” dentro de geladeira de necrotério na África do Sul
Mulher “volta à vida” dentro de geladeira de necrotério na África do Sul
Vítima de um acidente de trânsito, ela foi declarada morta pelos paramédicos, mas foi encontrada ainda respirando no necrotério
Postado em 2/07/2018

Uma mulher foi descoberta viva dentro da geladeira de um necrotério em Carletonville, no nordeste da África do Sul. Ela havia sido declarada morta, no domingo (24), pelos paramédicos em decorrência de um acidente de trânsito numa rodovia da cidade. Após desfeito o engano, a senhora foi levada para um hospital e atualmente segue em recuperação.


Segundo a BBC, a constatação foi feita por um funcionário do necrotério quando esse verificava o corpo e, para sua surpresa, deparou-se com a vítima ainda respirando. Diante da controvérsia do caso, as autoridades sul-africanas iniciaram uma investigação para averiguar o acontecimento. 


A empresa Distress Alert, responsável por fretar a ambulância usada no resgate, saiu em defesa de seus empregados. "Isso não aconteceu porque nossos paramédicos não são bem treinados", alegou o gerente da companhia, Gerrit Bradnick, para quem não parece haver “qualquer prova de negligência por parte da equipe”.


A história, embora assustadora, não é única. Em janeiro deste ano, um detento espanhol vivenciou situação parecida ao “voltar à vida” poucas horas antes de ter sua necrópsia realizada. Três médicos haviam assinado seu atestado de óbito.


E você, numa escala de 0 a 10, quanto ficou assustado com a ideia de acordar dentro de um necrotério?