Por que o Kpop é tão viciante?
Por que o Kpop é tão viciante?
O que o Gangnam Style tem que o Brasil não tem?
Postado em 13/05/2018
(Big Bang, BTS e BlackPink posando para a foto / Reprodução TodaTeen.)

Você já ouviu falar em Kpop? Aquelas músicas chicletes com dancinhas legais, roupas coloridas, clipes mega produzidos cheios de pessoas de pele e corpo perfeito cantando numa língua totalmente diferente de tudo o que você já ouviu. Pode abrir o jogo, sabemos que você já ouviu PSY, BTS, BIGBANG ou TWICE. Quer saber o motivo de eles enlouquecerem multidões de fãs pelo mundo? Aqui vai uma explicação.  


Se você já pesquisou sobre a cultura coreana vai saber que mesmo sendo um país com pouco mais de 51 milhões de habitantes, eles são extremamente guerreiros e esforçados. Conseguiram passar da pobreza para a riqueza em apenas 50 anos e hoje abrigam marcas gigantes como LG, Samsung e Hyundai. Por aí já dá pra saber que eles não fazem corpo mole e dão duro no trabalho. Então é cultural eles se esforçarem e desde pequenos, os astros do K Pop se esforçam muito e dão o sangue para treinar, atuar, dançar, cantar e representar o país. Não é vida fácil gente!


Mas para quem não vive dia a dia com eles, tudo parece bem fácil e mágico e é por isso que se torna viciante. A perfeição com que eles retratam coisas simples da vida como romances, dramas, desilusões amorosas e tragédias da vida contagia e é aí que se cria essa imagem de realidade ‘perfeita’ do mundo coreano. E como somos atraídos por coisas bonitas e perfeitas, o Kpop logo entra para o nosso playlist. Tem até no Spotify. 



E para quem não sabe, muitas fãs de Kpop enlouquecidas sonham em um dia se casar com um ‘Oppa’, como são chamado os coreanos. Por isso, o país recebe toneladas de meninas à procura de um romance asiático lindo e perfeito. Mas não vá pra lá com esse pensamento. Eles são bem fechados. 


Ah, e tentaram até fazer um estilo Kpop brasileiro, o Bpop, mas o Brasil não reagiu muito bem. E aí, prefere continuar com o sertanejo ou vai se render ao Kpop?