Stephen Hawking é enterrado ao lado de Isaac Newton e Charles Darwin
Stephen Hawking é enterrado ao lado de Isaac Newton e Charles Darwin
Enterro também contou com várias homenagens emocionantes
Postado em 16/06/2018
Foto: Sion Touhig/Getty

O mundo da ciência esteve de luto desde março deste ano, quando a família do Professor Stephen Hawking, um dos maiores nomes da física contemporânea, anunciou o seu falecimento aos 76 anos.


Nesta sexta-feira (15), o enterro de Hawking foi celebrado na Abadia de Westminster, em Londres, onde família e convidados especiais prestaram suas últimas homenagens ao físico.


Entre aqueles que prestaram homenagens, estavam sua filha Lucy Hawking, o astronauta britânico Tim Peake e o ator Benedict Cumberbatch, que retratou o cientista no filme “Hawking” (2004). 




As cinzas de Hawking foram enterradas ao lado de dois outros grandes nomes da história da ciência britânica e mundial, Isaac Newton e Charles Darwin.

Os três gigantes estão enterrados no “Canto dos Cientistas”, uma área da Abadia reservada a todos aqueles que dedicaram suas vidas à ciência e ofereceram importantes contribuições ao progresso da área. 

Sobre o local onde Hawking foi enterrado, lê-se na lápide “Aqui jaz o que era mortal de Stephen Hawking, 1941-2018”. A frase é uma tradução direta da lápide de Isaac Newton, a qual foi escrita em latim. 

Outra homenagem emocionante consistiu na projeção de uma gravação da voz de Hawking, ao som de uma orquestra sinfônica, em direção ao buraco negro 1A 0620-00, o mais próximo à Terra.


“[O buraco negro] vive em um sistema binário, com uma estrela anã laranja bem comum”, explicou a filha do físico, Lucy Hawking, a BBC.


As cinzas de Stephen Hawking, na Abadia de Westminster, Londres

A carreira brilhante de Hawking envolveu diversas contribuições ao campo da astrofísica, especialmente relacionadas ao nosso entendimento sobre buracos negros e a origem do Universo.  


Em 1963, Hawking foi diagnosticado com uma doença rara chamada esclerose lateral amiotrófica (ELA), responsável pela perda generalizada de capacidade motora. Na época, os médicos lhe deram apenas dois a três anos de vida.


Hawking viveria mais de cinquenta.


E você, como você se sentiu quando soube da morte de Hawking?